Energia solar: custos e benefícios

paineis solares - Energia solar: a maior tendência na redução de custos e geração de energia limpaEnergia Solar, tendencia na redução de custos: nos últimos anos, o mundo tem testemunhado perplexo o crescente aumento de crises de energia e apagões. Ao passo que a humanidade se envereda no âmbito da nanotecnologia, ironicamente não consegue resolver problemas básicos como o de suas fontes de energia.

Saiba mais: como funciona o Mercado Livre de Energia

Como funciona o sistema de energia solar?

paineis solares - Energia solar: a maior tendência na redução de custos e geração de energia limpaBasicamente, se trata de um sistema que capta radiação solar por meio de placas (módulos fotovoltaicos) e a transforma em correntes elétricas contínuas, que são convertidas em alternadas por um inversor e, após isso, distribuídas para suas respectivas finalidades.

Quantos sistemas de energia solar existem?

Instalando Painel Solar - Energia solar: a maior tendência na redução de custos e geração de energia limpaAtualmente, há 3 tipos: o fotovoltaico, o térmico e o heliotérmico. No primeiro, como o nome sugere, há geração de voltagem; de eletricidade. No segundo, os raios do sol são destinados ao aquecimento de líquidos. E no terceiro, além das funções térmicas, também utiliza vapor para mover turbinas.

Mas vale a pena investir em um desses?

energia solar tendencia na redução de custosCom toda certeza! A menos que você não goste de economizar nem de preservar o ambiente em que habita.

Para se ter uma ideia, no Brasil, constantemente as tarifas e impostos concernentes à energia são reajustados para cima. De acordo com o Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos), o brasileiro gasta, em média, 20% de um salário mínimo apenas com conta de luz. Isso dá R$ 2.500,00 por ano. Em 8 anos essa soma chegará a R$ 20.000,00.

Agora pasme: esse é o valor médio que se paga para ter um sistema de energia solar em sua casa, o qual funcionará com 100% de eficácia por cerca de 30 anos. Após isso pode ter gradual queda de sua funcionalidade.

Se vale a pena investir em um desses? Pode apostar que sim! Porque, nos primeiros anos, você paga o que investiu. Depois, por duas décadas, no mínimo, desfrutará de energia sem ter que desembolsar um mísero centavo para isso.

E como anda a energia solar no Brasil?

energia solar tendencia na redução de custosMuito embora o mercado de energia brasileiro gradativamente avance em direção ao ideal sustentável, ainda é irrisório o número de pessoas físicas e jurídicas que fazem uso de fontes limpas. Quer um exemplo? Pergunte-se quem você conhece que tem, em casa, um sistema de energia renovável. E aí? Quantos? Zero? Um? Dois? Pois é!

Dizem que os números não mentem. Então, vamos a eles!

O secretário de Planejamento e Desenvolvimento Energético do Ministério de Minas e Energia, Reive Barros, afirma que as fontes energéticas do Brasil advêm do sistema hidrelétrico (63,8%), eólico (9,3%), de biomassa e biogás (8,9%) e solar (1,4%).

Se esse fosse o melhor caminho o Estado do Amapá, nas últimas semanas, não teria ficado no escuro por 22 dias. Uma região abundante em sol praticamente o ano inteiro e que não usa esse privilégio a seu favor, justamente por depender de matrizes hidroelétricas para obter energia.

Saiba mais: energia solar para propriedades rurais

Benefício do sistema de energia solar

energia solar tendencia na redução de custos# Ecosustentável

De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), grande parte do território nacional recebe, em média, de seis a oito horas de sol por dia. Trata-se da fonte energética mais limpa do mundo, além de gratuita, sem que ninguém tenha de fazer o mínimo esforço para obtê-la.

O Brasil, assim como tantos países tropicais, tem o privilégio de ter dias ensolarados praticamente o ano inteiro. A quantidade de radiação que se pode obter com isso é inimaginável, e de forma limpa, sustentável, sem arrasar a região onde se instala um determinado sistema de manipulação de energia solar. Isso é o oposto das barragens de hidroelétricas, das minas de carvão e gás, dos combustíveis fósseis, que por onde passam arrasam o ecossistema local.

# Sistema limpo

Depois de instaladas as placas solares não há com o que se preocupar, em relação a resíduos ou ruídos. Trata-se de um sistema totalmente silencioso e limpo.

O processo fotovoltaico é totalmente fotoquímico e não faz uso de nenhuma engrenagem mecânica na geração de eletricidade. Zero poluição, barulho ou ocupação demasiada de espaço.

# Tudo simples

O sistema de energia solar não depende de projetos de alvenaria exclusivos, lugares especiais, etc. Da visita de um técnico à instalação, o prazo não costuma ultrapassar três dias.

Normalmente, os módulos fotovoltaicos são instalados nos telhados, que já possuem estrutura para recebê-los. Em alguns casos usa-se pequenas adaptações para fixação das placas, mas nada complicado.

Os aparelhos são muito intuitivos e a utilização é imediata.

# Pouca manutenção

Manutenções corretivas ou preventivas são poucas e simples, de modo geral. Lavagem das placas a cada seis meses, caso haja necessidade (excremento de bichos ou poluição, o que é raro). Assim sendo, um pouco de água e um pano macio ou uma vassoura suave resolvem. Em situações normais, higienização uma vez ao ano é suficiente.

Além dessa, a verificação do sistema elétrico pode ser feita uma vez por ano, por um técnico. Pronto! Nada mais que isso.

# Vida longa

Um sistema de energia solar bem cuidado pode durar mais ou menos 25 anos, com 100% de sua capacidade. Após esse período pode haver decaimento de 10% a 20%, mas gradualmente. Esse lastro temporal ratifica a inconteste vantagem de se ter uma fonte de eletricidade como essa.

Geralmente, um projeto médio é pago em seis ou sete anos. A partir daí, pelos próximos vinte anos, no mínimo, é só economia com contas de luz, porque elas simplesmente não existirão.

# Créditos de energia

Quem investe na produção particular de energia, além de utilizá-la, pode vender o que não utiliza para as concessionárias distribuidoras do ramo energético. Desse modo, caso esse consumidor ainda esteja fazendo uso de algum serviço prestado por essa empresa, haverá desconto em sua conta.

Resumindo

São inegáveis os benefícios da energia solar, em relação a outras fontes. Primeiro, porque é limpa, renovável, sustentável e ecológica e socialmente viável. Em segundo lugar, ainda que os custos para instalação ainda estejam altos, mesmo assim o tempo de vida dos painéis e do sistema compensa muito essa opção. Três décadas, no mínimo, de uso. E, se nos primeiros anos, toda a economia é revertida para pagamento do projeto, por mais de vinte será custo zero, sombra e água fresca.

Contra fatos não há argumentos. E contra energia solar todas as outras, de um modo ou de outro, acabam perdendo.

A solução para o problema da energia mundial está, literalmente, em cima de nós e muitos infelizmente não percebem. Não seja um deles. Faça a escolha certa!

Quem somos?
Av. Prof. Mário Werneck, n°26 – 5º e 6º andar, Estoril – Belo Horizonte/MG
(31) 98306-0447
(31) 3995-2335
envelope linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram