gestao-financeiraGestão financeira em tempos de crise: está ficando difícil arcar com os constantes aumentos de energia anunciados pela Aneel em momentos de crise hídrica?

Se a sua resposta foi “Sim”, você chegou ao lugar certo! Neste conteúdo, a Maya Energy apresenta uma série de dicas de gestão financeira em tempos de crise para que você economize e consiga aliviar as contas.

Nos períodos de escassez hídrica, colocar em prática medidas para economia de energia, não só ajuda o meio ambiente e a recuperação dos reservatórios nas hidrelétricas, como também pode ser um importante alívio para o bolso do consumidor.

Quando os níveis dos reservatórios estão operando abaixo da capacidade adequada, o consumidor pode pagar um alto preço, com o acréscimo das bandeiras tarifárias na conta de energia.

Atualmente, os valores são os seguintes:

  • Bandeira Verde: Não há cobrança de taxa extra.
  • Bandeira Amarela: Acréscimo de R$ 1,87 para cada 100 KWh consumido.
  • Bandeira Vermelha: Acréscimo de R$ 3,97 para cada 100 Kwh consumido.
  • Bandeira Vermelha Patamar 2: Acréscimo de R$ 9,49 para cada 100 kwh consumido.
  • Bandeira de Escassez Hídrica: Acréscimo de R$ 14,20 para cada kwh consumido.

Com acréscimos significativos e frequentes relacionados à crise hídrica, as contas apertam e pode ficar difícil para o consumidor economizar dinheiro e manter as finanças em dia.

Nesse contexto, a única alternativa, para manter as finanças em ordem, é ir em busca de estratégias para reduzir o consumo de energia e minimizar os efeitos da crise hídrica na conta de luz.

Continue conosco e confira na sequência, as dicas que separamos para ajudar você a aliviar as contas em momentos de crise hídrica.

1.Ilumine sua casa com lâmpadas de LED

Preocupado com sua conta de energia e cada vez que você acende uma lâmpada ou são anunciadas mudanças na bandeira tarifária? Se você respondeu que sim, avalie trocar suas lâmpadas por modelos de LED.

Embora possam ser um pouco mais caras, as lâmpadas de LED não só ajudam na economia de energia, como possuem uma vida útil muito superior aos demais modelos, como as lâmpadas fluorescentes, por exemplo.

Sendo assim, no final das contas, o saldo da substituição de todas as suas lâmpadas, por modelos de LED, será positivo.

2.Cuide da sua geladeira

A geladeira é um dos eletrodomésticos que mais consomem energia em uma residência, afinal, elas precisam ficar ligadas 24 horas por dia, 7 dias por semana, não é mesmo?

No entanto, existem alguns cuidados que você pode tomar, para economizar dinheiro e evitar sustos na conta de luz, especialmente nos momentos de crise hídrica.

  • Mantenha a geladeira no lugar certo: Evite posicionar a sua geladeira próximo de fontes de calor, pois isso exige que a geladeira trabalhe mais para manter os alimentos refrigerados, e por consequência, consuma mais energia.
  • Evite sobrecarregar a geladeira: O excesso de itens na geladeira dificulta a circulação do ar, aumenta a frequência de acionamento do compressor, e por consequência, o consumo de energia.
  • Não coloque comida quente na geladeira: Evite colocar alimentos quentes na geladeira, pois isso também aumenta o consumo energético do equipamento.

3.Use a máquina de lavar roupas de forma inteligente

Muita gente não sabe, mas as máquinas de lavar roupas também podem ter um impacto importante na conta de energia.

Sendo assim, vale a pena pensar em algumas estratégias para aumentar a eficiência do equipamento, reduzir o consumo de energia e garantir o alívio das contas de energia com uma boa gestão financeira em tempos de crise hídrica.

Confira algumas sugestões que podem ser úteis:

  • Utilize máquinas de lavar com o selo do Procel;
  • Utilize o ciclo de lavagem rápida;
  • Lave o máximo de roupas possível na mesma lavagem.

4.Utilize eletrodomésticos com o selo do Procel

O Selo Procel foi criado em 1993 e funciona como uma importante ferramenta para que o consumidor conheça, dentre os equipamentos e eletrodomésticos à disposição no mercado, aqueles que são mais eficientes energeticamente.

Sendo assim, que você for adquirir um novo eletrodoméstico, prefira aqueles que possuem a classificação A no selo Procel, pois esses eletrodomésticos são mais eficientes em relação ao consumo de energia.

5.Invista em um aquecedor solar

Se você é daqueles que não abre mão do banho quente, substitua os chuveiros elétricos pelas duchas aquecidas por um coletor solar.

Como todos nós sabemos, os chuveiros são os maiores vilões do consumo de energia elétrica, no entanto, o que nem todos sabem, é que é possível manter a água aquecida e garantir banhos relaxantes aproveitando a luz gratuita fornecida pelo sol.

O aquecedor solar possui uma tampa de vidro ou polímero com uma placa escura por baixo, que retém o calor do sol e o transfere para a tubulação por onde passa a água que precisa ser aquecida.

Por sua vez, essa água é armazenada em um reservatório que a mantém aquecida até o momento do consumo.

Normalmente, o boiler é construído em materiais como cobre, polipropileno ou inox e isolado com algum tipo de material que conserve a água devidamente aquecida, sem consumir energia.

6.Instale painéis fotovoltaicos

Por fim, quando o assunto são dicas para economizar dinheiro e ter uma boa gestão financeira em tempos de crise para aliviar as contas de energia, a instalação de painéis fotovoltaicos é uma excelente opção.

Ao instalar painéis solares, você aproveita a luz do sol para produzir a sua própria energia, garante uma economia de até 99% e fica despreocupado com relação aos constantes aumentos tarifários.

Sem dúvida alguma, a instalação de painéis solares é a melhor estratégia para quem pretende economizar dinheiro com a conta de luz.

Atualmente, com condições facilitadas de pagamento e possibilidade de financiamento, boa parte dos consumidores utiliza a economia com a conta de luz para pagar o investimento nos painéis.

No entanto, uma vez quitado o investimento, os painéis continuam gerando energia e, com isso, geram um importante retorno para os consumidores.

Buscando alternativas para aliviar as contas em momentos de crise hídrica? Seja capaz de gerar a sua própria energia!

Clique aqui, entre em contato conosco e solicite um orçamento sem compromisso.