6 de dezembro de 2022

Gestão de energia: o que é, vantagens, como fazer  e importância

Gestão de energia é algo muito intrínseco à necessidade de muitas empresas em se tornarem mais eficientes e competitivas sem, com isso, aumentar os seus custos.

E ao longo deste post vamos mostrar como isso é possível. Por meio de ações, uma mudança de atitude e comportamento e os meios certos (ou ferramentas) para tornar esse objetivo mais concreto e realizável em sua rotina.

Aprenda, conosco, tudo o que você precisa saber sobre gestão de energia e eficiência energética!

O que é a gestão de energia?

Essencialmente, a gestão de energia elétrica tem a ver com o uso mais planejado e assertivo possível da energia que você compra da distribuidora — a relação entre R$ por kWh) — e a forma com a qual você a utiliza. 

Ou seja: produzir mais e de maneira mais eficiente com a menor quantidade de recursos para isso. Justamente por isso, muita gente confunde os conceitos de gestão de energia e eficiência energética. Afinal, o primeiro é apenas a jornada que vai levar a sua empresa a alcançar a desejada eficiência energética em sua rotina — mas falaremos um pouquinho mais sobre isso adiante.

Qual é a importância de uma gestão de energia eficiente: entenda

Um ponto de curtíssimo prazo para se considerar essa estratégia é a redução no consumo de energia elétrica. O que, consequentemente, abre espaço para a sua empresa direcionar melhor seus investimentos em outras áreas.

Mas vai além disso. A preocupação com a gestão de energia passa também pela otimização de processos, pela organização da sua empresa para ser mais eficiente e assertiva com menos uso de recursos e, também, para contribuir com um mundo mais sustentável.

E veja que isso também se traduz em uma vantagem competitiva: hoje em dia, quase metade dos consumidores prefere empresas mais engajadas, permitindo que a reputação da sua empresa seja um valiosíssimo ativo.

Vantagens da gestão de energia

Acima, já destacamos brevemente o impacto positivo da gestão de energia elétrica por meio da sua própria importância na empresa — dentro e fora dela.

Mas dá para explorar um pouco mais o assunto. Confira, a seguir, algumas das principais vantagens da gestão de energia!

Redução significativa dos custos

Por meio da implementação da gestão de energia, fica mais fácil identificar o consumo diário e, a partir dessa compreensão, aprender como otimizar cada etapa do processo.

Sem falar que você pode aprender mais sobre a sua fatura de energia em si e o tarifário dela. O que pode promover mudanças na sua empresa para desempenhar determinadas atividades que consomem mais energia elétrica em momentos nos quais a tarifa é mais barata.

Então, gestão de energia não significa, necessariamente, cortar despesas eliminando tarefas, mas tornando-as mais planejadas e estratégicas. E isso se reflete no bolso e de maneira positiva, invariavelmente.

Redução nas emissões de poluentes

A redução no consumo de energia elétrica também se traduz em um impacto ambiental menor. Por exemplo: isso pode acontecer a partir da produção menor de energia elétrica termelétricas — consequentemente, é menor também a emissão de gases do efeito estufa. 

Vantagens da gestão de energia

Empresa mais sustentável

Como mencionamos anteriormente, empresas engajadas estão ganhando mais e mais a apreciação do consumidor. Portanto, existem muitos benefícios que podem ser analisados internamente, mas eles também se refletem do lado de fora — ou seja: na maneira com a qual o mercado enxerga a sua marca.

Otimização dos seus processos produtivos

Com base nos pontos que mencionamos acima, você talvez tenha percebido que é possível refletir sobre todo o seu fluxo de trabalho para encontrar formas de viabilizar sua eficiência operacional com menor consumo energético, certo?

E isso pode acontecer de diferentes maneiras. Seu maquinário, por exemplo, desempenha funções com o menor consumo possível? Os modelos foram criados para ter eficiência com menos consumo de energia? Eles estão configurados e em dia com a manutenção ou necessitam de mais energia, atualmente, do que há algum tempo para funcionar?

Outro ponto que pode auxiliar nessa etapa da jornada é a certificação alinhada à gestão de energia — bom exemplo disso é a norma ISO 50001, uma norma que reúne as melhores práticas para qualificar ainda mais o desempenho energético.

Saiba mais: Tarifa horo sazonal: o que é e como funcionam em sua conta

Saiba mais: O que é diagnóstico energético? Veja benefícios e quando fazer

Como fazer a gestão de energia: passo a passo

Esteja você de olho na ISO 50001 ou em outras estratégias para aprender como fazer a gestão de energia, vale a pena dar os primeiros passos nessa direção para mudar, gradativamente, a sua relação com a conta de luz.

Abaixo, vamos mostrar como você não precisa de tecnologia ou fórmulas mágicas para implementar a gestão de energia. Muitas empresas, inclusive, adotam a metodologia PDCA para viabilizar esse tipo de projeto. Confira, a seguir, como funciona!

A primeira letra da sigla é P, de planejamento. Aqui, você deve estabelecer metas e objetivos, mapear os processos da sua empresa e identificar da onde vem o consumo de energia elétrica — individualmente. Esse é o primeiro passo para compreender o momento e avaliar para onde é possível se dirigir por meio desse processo de gestão de energia.

Em seguida, a letra D, de desenvolvimento. Trata-se da elaboração de estratégias que vão focar na redução e na eficiência do uso de energia elétrica no dia a dia da sua empresa. Alguns exemplos de ideias que podem surgir aqui:

  • avaliação de todos os equipamentos (podendo realizar a manutenção ou substituí-los);
  • renegociação do seu contrato de energia;
  • alternativas sustentáveis;
  • busca no mercado por processos e tecnologias mais eficientes.

Com a implementação realizada, hora de chegar à letra C da metodologia PDCA — checagem. Você vai monitorar a performance de cada alteração realizada, na etapa anterior, e verificar se houve uma mudança, seja ela positiva ou negativa.

Pois é esse processo que leva à etapa seguinte: A, de ação. Trata-se dos esforços em colocar tudo em prática e, também, em ajustar os processos a fim de torná-los continuamente melhor e fazer com que a gestão de energia se torne a sua grande aliada.

Gestão de energia e eficiência energética: entenda a diferença

Gestão de energia e eficiência energética: entenda a diferença

Lá no começo do artigo, nós falamos que existe diferença entre os conceitos de gestão de energia e eficiência energética. E já adiantamos que o primeiro nada mais é do que o caminho para alcançar a segunda.

Isso porque a própria noção de eficiência energética está associada à aplicação de estratégias e processos que ajudam a reduzir o consumo de energia (direta ou indiretamente). Portanto, a gestão de energia é a etapa anterior à conquista: é todo o trabalho realizado que vai conduzir a esse efeito cheio de benefícios que destacamos em tópicos anteriores.

Melhores ferramentas e Softwares para gestão energética: como escolher

Softwares de gestão de energia são excelentes ferramentas para garantir um monitoramento mais eficiente do seu consumo. Afinal, são produtos com grande capacidade de monitoramento, automatização e de análise de dados. 

Para a sua empresa, isso se apresenta como um diferencial e tanto para fazer avaliações, mensurar índices indicativos e métricas e saber, exatamente, quais são os pontos-chave que mais demandam a sua atenção para qualificar a sua gestão de energia.

Para tanto, vale a pena ficar de olho em dois recursos e diferenciais estruturais para que o seu software para gestão energética garanta grandes qualidades ao seu trabalho. Vamos explorá-los logo abaixo!

Dashboards personalizados

Uma solução deve, primeiramente, atender às suas necessidades. Por isso, certifique-se de que o software que você está negociando oferece essa possibilidade.

Com um dashboard personalizado, você tem fácil acesso e visualização às informações que mais deseja. O que faz toda a diferença na hora de planejar e executar as suas tarefas focadas em gestão de energia.

Monitoramento em tempo real

Monitoramento em tempo real é outro recurso indispensável, considerando que a sua utilização promove mais assertividade, agilidade e eficiência à sua tomada de decisão.

Sem falar que é por meio desse tipo de ação que você consegue visualizar relatórios completos e atualizados para discutir novos planos de ação e tudo o mais que estiver ao seu alcance para desenvolver a sua gestão de energia.

E se precisar de auxílio especializado nesse processo, conte conosco! A Maya Energy possui uma série de soluções focadas em empresas. Descubra mais, clicando aqui!

Conclusão

Falamos, ao longo deste post, no quanto a gestão de energia tem tudo para agregar em um salto de inovação e transformação para qualquer empresa.

Por meio dela, é possível promover a redução de custos, promover a reputação da sua empresa e qualificar, continuamente, a sua eficiência operacional — e energética.

Esperamos que este conteúdo tenha te ajudado a entender melhor como funciona a gestão de energia e a sua relevância para a conquista da eficiência energética do seu empreendimento!

Quem somos?
Av. Prof. Mário Werneck, n°26 – 5º e 6º andar, Estoril – Belo Horizonte/MG
(31) 98306-0447
(31) 3995-2335
envelope linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram